Samba do Trabalhador – Clube Renascença

O lugar é especial, foi fundado no final dos anos 50 como um lugar de divertimento e afirmação negra. O clube tem um pátio com uma árvore no meio e uma multidão de pessoas que apreciam uma boa roda de samba.

Toda segunda-feira, Moacyr Luz, Moa, como é carinhosamente chamado, e os músicos Gabriel Cavalcanti e Alexandre “Marmita” Nunes (voz e cavaquinho), Makley Mattos (voz e percussão)  e Júnior Oliveira (percussão), dentre outros fazem parte de uma das rodas de samba mais famosas do Rio.

Frequentam a roda muitos dos melhores sambistas cariocas. Nessa segunda Moacyr Luz estava viajando para Portugal e não pode comparecer. Marcaram presença Toninho Gerais, Efson entre outros. Dóris deu uma palhinha também. Houve também uma várias homenagens pelo falecimento do compositor Ratinho, frequentador assíduo do Samba da Trabalhador.



Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s